Início / Noticias / Como superar a separação

Como superar a separação

Só quem já passou por ela, ou presenciou sabe como está é uma fase difícil para o casal e toda a sua família, mesmo que o motivo seja banal. Este é um momento muito dolorido para as ambas as partes, a sensação de fracasso toma conta da auto-estima da pessoa e um sentimento de culpa toma conta de sua mente, provocando arrependimento do que fez ou mesmo de que não fez.

A decisão de separação entre um casal é muito difícil envolve vários fatores e ocorre por vários motivos: infidelidade, incompatibilidade, dinheiro, ciúmes entre os demais. Mesmo tendo certeza, que você queria separar de seu companheiro (a), um lado sempre fica mais frágil e como se diz o ditado “A corda estoura sempre do lado mais fraco”. Dito e feito, se a pessoa não estiver preparada para isso, você pode entrar em depressão ou até mesmo te levar a loucura. A separação envolve muito mais que duas pessoas, principalmente quando envolve filhos e dinheiro. Mas o que mais se deve ter cuidado é com os filhos, que são os que mais saem machucados da história, suas mentes ficam perturbadas, não entende o que está acontecendo, fazendo com que se revoltem com a vida e talvez os levando para um caminho do mal sem volta.

Para você superar uma separação, você tem que ser muito paciente porque isso não se resolve em apenas 5 minutos, como foi o seu primeiro beijo com seu parceiro (a). Um dos lados sempre sai machucado, por isso não entre em guerra com a pessoa que você está se separando. Procure sempre haver diálogo com a pessoa, porque assim vai ficar mais fácil esse processo tão doloroso na vida de uma pessoa, casal oi família.

Depois de conluio a separação, se você estiver machucada (o), procure viver uma vida totalmente nova longe da pessoa que tento te magoou, mas isso fica difícil quando há filhos envolvidos. Queira ou não ele sempre vai ser o pai e ela sempre vai ser mão, então procure viver em paz, seja para a saúde mental sua e pela alegria dos filhos e pessoas envolvidas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.