Início / Sáude / Compulsão Alimentar – Sintomas e Tratamento

Compulsão Alimentar – Sintomas e Tratamento

A compulsão alimentar é o ator de ingerir uma maior quantidade de alimentos do que a maioria das pessoas comeriam em um tempo curto. Na maioria das pessoas que possuem compulsão alimentarem se sentem culpadas e deprimidas depois que acabam de ingerir algum alimento, mas, não provoca algum tipo de vômito ou método negativo de eliminar essa culpa como ocorre na bulimia e anorexia.

Não é identificado como compulsão alimentar quem apenas “belisca” alimentos o dia todo e não consume uma grande quantidade de alimento. A pessoa que possui compulsão alimentar alimenta-se delimitado, chamado de episódio de compulsão alimentar. As pessoas ás vezes acham porque consomem doces, guloseimas, ou outros alimentos em acesso é porque tem compulsão alimentar, mas não é bem assim.

Comer um pedaço de chocolate quando dá vontade ou até repeti-lo, todo mundo tem direto de faze sem culpas e não é caracterizado como compulsão alimentar. A compulsão corre quando a pessoa não come apenas isso, mas outros tipos de alimentos e em quantidade enormes, não mastigam corretamente e não consegue degustar o alimento que está consumindo.

[/caption]

Existem vários tipos de transtornos alimentares como a bulimia, anorexia e a compulsão alimentar que também denominada como Transtorno da Compulsão Alimentar Periódica, mas conhecida como TCAP. A TCAP possui vários sintomas, mas os principais são:

  • Ingerir grandes quantidades de alimentos em pouco tempo
  • Não ter controle sobre a quantidade de alimentos consumidos
  • Comer até se sentir incomodando com isso.
  • Sentir culpa depois que ingerir alimentos em grandes quantidades ou não gostaria de comer.
  • Sentir enjôos depois de ingerir grandes quantidades de alimentos
  • A compulsão alimentar ocorre, pelo menos, dois dias por semana, durante seis meses e pode durar entre uma a duas horas.

A pessoa que possui compulsão alimentar consome uma determinada quantidade de alimentos em um dia, no dia seguinte volta comer normalmente, no outro volta a ter compulsão e assim por diante.

O tratamento para a compulsão alimentar deve ser feita coma a ajuda de especialistas multidisciplinares, envolvendo médicos, psicólogos e nutricionistas. O psicólogo indicará quais são os fatores psicológicos que estão levando o individuo a fazer isso, enquanto o médico indica quais os remédios para o tratamento e a nutricionista alimentos que ajudarão a conter a compulsão alimentar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*